Vamos falar sobre RPA? mas não é o quê você está pensando

A sigla do momento é RPA (Robotic Process Automation), porém quando se fala em automação e robôs trazemos de forma tácita assuntos inerentes ao tema e à ‘plaforma’ que na verdade é o grande desafio: Como gerenciar este exército de robôs disseminados pela empresa? Automação sempre existiu, desde os simples scripts em VB ou macros que executavam tarefas[…]

Você sabe o que é “Dirty Interface”?

Você sabe o que é “Dirty Interface”? O termo criado pela Gartner utilizado para quando há falta de integração nativa entre sistemas e é necessário o uso da interface do usuário (telas) para se fazer esta integração, em suma, a re-digitação de informações.

TOP 3 Benefícios do RPA

A aplicação de Robotic Process Automation nas corporações pode trazer inúmeros benefícios – diretos e indiretos, mas aqui queremos destacar os TOP 3, benefícios que sempre serão percebidos em qualquer tipo de implementação, para projetos curtos ou longos. 1. Entregáveis + rápidos As entregas das demandas para as áreas de negócio são muito mais rápidas[…]

Guia rápido para definições

Automação: qualquer sistema de controle que toma decisões com base em um conjunto de dados e regras Software Robotics: Um software que, basicamente, replica ações humanas de forma repetitiva Robotic Process Automation (RPA): A aplicação de Software Robotics para criar soluções que automatizam e orquestram processos manuais Computação Cognitiva: Tecnologia avançada que simula o cérebro[…]

Pense, avalie: automação faz sentido para tarefas e processos do seu dia-a-dia?

Para ajudar nesta avaliação, sugerimos que dê atenção e considere alguns temas sensíveis: 1. Seus processos tem pontos onde identifica intervalos de espera, gap? Pontos de espera, “waits”, “delays”, como queira chamar, são pontos que pessoas, máquinas ou sistemas estarão esperando por algum evento para continuar sua atividade de processamento ou de trabalho. Se você[…]

Agende uma demonstração.